Dicas


Partilha esta dica:

Cozinha: Sardinhas Assadas

Por estes dias é o peixe mais desejado... Hoje, dia em que se comemora a noite de Santo António, é o grande eleito. 
Todos a querem… “quente e boa”! Por isso, é importante saber puxar a brasa à nossa sardinha. Aqui ficam algumas dicas de como escolher as melhores sardinhas e alguns truques essenciais para saber assá-las. Bom apetite!

Prefira sempre a sardinha fresca à congelada. Tente evitar as sardinhas muito grandes, escolhendo as que têm uma escama firme, a guelra vermelha, pele lisa e olhos límpidos. 
Antes de ir às brasas, a sardinha deve ser salgada e permanecer envolvida em sal durante cerca de 20 minutos. 
A grelha, onde vai ser colocada a sardinha, deve estar o mais limpa possível. Contudo, caso seja nova, convém “queimá-la”, na chama do carvão, durante alguns minutos. Opte sempre um carvão de boa qualidade. 
Antes de colocar a sardinha a assar, certifique-se de que as brasas estão quentes e no ponto, ou seja, não demasiado quentes para evitar queimar o peixe e eliminar. O carvão deve mesmo queimar durante cerca de 30 minutos antes de receber as primeiras sardinhas. Além disso, a grelha deve estar bem quente no momento de receber o peixe, para evitar que a sardinha agarre.
Nunca juntar qualquer tipo de óleo ao peixe antes de assar, ou mesmo quando já está na grelha.
A sardinha demora poucos minutos a assar, para evitar que o peixe fique muito seco. Por regra, cinco minutos em cada face.

Sugestões


Inscreva-se e tenha acesso aos nossos livros de receitas

Junte-se a nós e fique a par dos lançamentos de novos livros e receba novidades todas as semanas
o

Social


NEWSLETTER
Assine a nossa newsletter e fique a par do lançamento de novos livros e receba as novidades todas as semanas
PUB